Curiosidades

A língua dessa bebê não parava de crescer até uma cirurgia mudar sua vida

PUBLICIDADE

Um bebê que nasceu com uma língua do tamanho de um adulto devido a uma condição genética rara pode finalmente sorrir depois de fazer uma cirurgia para parar de cutucar.

Paisley Morrison-Johnson tinha uma língua tão grande que precisava de ajuda para respirar durante a primeira semana de vida, para impedi-la de engasgar até a morte.

Ela nasceu com síndrome de Beckwith Wiedemann (BWS) – uma doença rara de crescimento excessivo que afeta cerca de um em cada 14.000 nascimentos em todo o mundo.

Isso fez com que a língua dela crescesse mais que o dobro do tamanho de sua boca, o que significava que ela se esforçava para se alimentar.

Então Paisley, de Aberdeen, na Dakota do Sul, teve que ser alimentada por um tubo no estômago até os seis meses de idade.

PUBLICIDADE

 

 

Até os 6 meses de idade, Paisley, de Dakota do Sul, Estados Unidos, era alimentada por um tubo que chegava ao seu estômago. A mãe Madison Klenow, de 21 anos, e o pai Shannon Morrison-Johnson, de 23, concordaram em fazer o bebê passar por uma cirurgia para encolher a língua.

Mas sua língua continuava crescendo e ainda pendia de sua boca.

PUBLICIDADE

 

Paisley foi submetida a uma segunda operação para reduzir sua língua. Pela primeira vez, ela conseguiu sorrir após a cirurgia, na qual retirou 15 centímetros de músculo. Depois de um ano e meio, ela começou a pronunciar suas primeiras palavras.

 

 

Algumas crianças sofrem de deformação da mandíbula, por causa do peso da língua.

Paisley, depois de tudo agora tem um vida saudável, como todos bebês, podendo se alimentar direito sem precisar de auxilio de aparelhos adaptados.

 

Casos Interessantes

DailyMail

 

Comentários
PUBLICIDADE

CONTINUAR LENDO
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidos

To Top
error: Content is protected !!