Ciência

Um físico pulou de um edifício e a ciência salvou a sua vida

PUBLICIDADE

Um físico pulou de um edifício e a ciência salvou a sua vida

O físico norueguês Andreas Wahl, de 34 anos, resolveu testar uma das leis de Newton utilizando a sua própria vida.
Wahl subiu no topo de uma construção de mais de 13 metros de altura e, amarrando um pequeno peso
na ponta de uma corda e se amarrando na outra ponta, pulou do edifício. Por mais maluco e desafiador
que isso pareça, para ele, tudo ocorreu de uma forma simples e segura.

Para realizar a experiência, primeiramente, o peso foi fixado em uma barra do edifício e,
posteriormente, os seus colegas jogaram o peso para que Wahl começasse a cair. E o que houve com o físico?
Nada, saiu andando exatamente como quando chegou lá. E esse resultado se deu, graças ao que conhecemos pela
física como a Força Centrípeta.

Um físico pulou de um edifício e a ciência salvou a sua vida

No século XVII, Isaac Newton apresentava como novidade à sociedade, o que nomeou de Força Centrípeta e,
foi essa a força que ocorreu com o peso na ponta da corda: é uma força que faz um corpo seguir um caminho
circular e, conforme vai se aproximando de seu ponto central, vai fazendo esse trajeto mais rapidamente.

No experimento, a força da gravidade puxou o peso para baixo e a tensão do cabo (o corpo do físico) puxou-o em direção a um ponto fixo/central.

PUBLICIDADE

Como você verá no vídeo completo ao final, o peso girou em torno do ponto fixo diversas vezes no ar até,
envolver-se completamente. E conforme o movimento circular do peso se mantinha, a velocidade do peso da outra ponta – Wahl – era reduzida. Note que, após o término das voltas, Wahl parou a poucos centímetros do chão.

Contudo, não pense que os procedimentos e objetos utilizados foram improvisados, muito pelo contrário,
foram muito bem pensados, pois, uma vez que não o fossem, Wahl poderia ter quebrado a coluna e causado danos horríveis à sua saúde.

Portanto, tanto o atrito entre a corda e o ponto fixo quanto a elasticidade da corda,
ajudaram no retardamento do movimento de Wahl. Esse foi o motivo pelo qual
não houve uma queda fatal.

Embora tenha sido uma experiência radical e de pura adrenalina, não é o tipo de experiência recomendada para se fazer em casa, a menos, é claro, que você seja um físico.

PUBLICIDADE
Comentários
PUBLICIDADE

CONTINUAR LENDO
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidos

To Top
error: Content is protected !!